Natureza e religião à luz da noção de vida e suas ambiguidades na teologia de Paul Tillich

Este artigo trata da relação entre natureza e religião na perspectiva filosófico-teológica de Paul Tillich (1886-1965). Primeiro, delineamos uma percepção da relação entre o humano e a natureza na filosofia do século XIX ao XX; então, situamos a preocupação de Tillich em definir, nesse contexto, fil...

Full description

Saved in:  
Bibliographic Details
Published in:Estudos de religião
Main Author: Santos, Joe Marçal Gonçalves dos
Format: Electronic Article
Language:Portuguese
Check availability: HBZ Gateway
Journals Online & Print:
Drawer...
Published: Imprensa Metodista [2016]
In: Estudos de religião
Year: 2016, Volume: 30, Issue: 3, Pages: 213-230
IxTheo Classification:AB Philosophy of religion; criticism of religion; atheism
CD Christianity and Culture
KAJ Church history 1914-; recent history
KDD Protestant Church
NBD Doctrine of Creation
NBE Anthropology
Further subjects:B Religião
B Vida
B Cultura
B Natureza
Online Access: Volltext (kostenfrei)
doi
Description
Summary:Este artigo trata da relação entre natureza e religião na perspectiva filosófico-teológica de Paul Tillich (1886-1965). Primeiro, delineamos uma percepção da relação entre o humano e a natureza na filosofia do século XIX ao XX; então, situamos a preocupação de Tillich em definir, nesse contexto, filosofia da religião e teologia da cultura no sistema da Geisteswissenschaft. Nesse ponto, Tillich concorda que a natureza só pode ser pensada a partir da “mediação da cultura”, rejeitando a possibilidade de uma “teologia natural”. É na dimensão da vida do espírito (cultura) que a relação entre natureza e religião se dá, conforme a noção ontológica de vida como “efetividade do ser”.
ISSN:2176-1078
Contains:Enthalten in: Estudos de religião
Persistent identifiers:DOI: 10.15603/2176-1078/er.v30n3p213-230